Patrícia da Silva Lamarão teria se passado por funcionária da ala de pediatria para levar uma criança de 4 anos

Policiais civis da 30ª (Marechal Hermes) prenderam em flagrante nesta quarta-feira (4) uma mulher que teria tentado seqüestrar um bebê dentro do Hospital Estadual Carlos Chagas, zona norte do Rio de Janeiro. Ela foi identificada como Patrícia da Silva Lamarão, de 39 anos. Segundo a polícia, Patrícia teria entrado na ala de pediatria da unidade de saúde vestida de branco e com um estetoscópio. Ela teria abordado uma mulher dizendo que precisava levar seu filho, de 4 anos, para realizar exames.

De acordo com a polícia, a mãe desconfiou da atitude de Patrícia e chamou uma enfermeira, que constatou que a mulher não era funcionária do hospital. Patrícia foi autuada por tentativa de subtração de incapaz e exercício ilegal da profissão de medicina.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.