Mulher é baleada dentro de casa em confronto no Rio

Exército, que ocupou todos os acessos à favela da Grota com ajuda da Polícia Militar, trocou tiros com criminosos

AE |

selo

Uma mulher que estava em casa, localizada em um dos acessos à favela da Grota, no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro, foi baleada na barriga hoje à tarde, durante intenso tiroteio entre policiais, homens do Exército e criminosos. O Exército ocupou todos os acessos à favela com ajuda da Polícia Militar (PM).

O tiroteio ocorre não apenas no Complexo do Alemão, mas também na Vila Cruzeiro, morro vizinho, de onde traficantes fugiram ontem, após a polícia tomar o morro. Desde ontem a polícia ocupa a Vila Cruzeiro na megaoperação que realiza contra o tráfico de drogas e a onda de crimes no Rio Depois de quase 40 horas de intenso tiroteio, a polícia anunciou a tomada do morro, no Complexo da Penha, quartel general da facção criminosa Comando Vermelho.

Mais de 100 bandidos fortemente armados fugiram para o Complexo do Alemão, controlado pela mesma facção. A polícia, então, deu início hoje a uma operação no local. Ao todo, três pessoas morreram em confrontos com a PM ocorridos hoje em toda a capital fluminense, segundo balanço parcial da corporação.

    Leia tudo sobre: rioviolênciacarrosataques

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG