Mulher é assassinada na frente do filho de 5 anos no Rio

A Polícia Civil suspeita que a vítima tenha sido executada por vingança

AE |

Uma mulher foi assassinada na frente do filho de 5 anos no fim da noite de domingo, em Vila Valqueire, zona norte do Rio de Janeiro. A vendedora Karine Pereira Vitalino da Silva, de 29 anos, dirigia para casa, por volta das 22h30, quando foi atingida por um tiro de fuzil na cabeça.

Segundo testemunhas, Karine passava pela Rua Jambeiro, com o filho sentado no banco traseiro do carro, quando outro veículo emparelhou com o seu. Os ocupantes dispararam ao menos onze vezes contra ela. Karine foi atingida na cabeça e morreu na hora. O carro que ela dirigia ainda subiu na calçada e bateu em um monte de entulho. O filho de Karine não foi baleado e escapou da batida sem ferimentos.

Os investigadores descartaram a hipótese de assalto, pois os criminosos não levaram os pertences da vendedora. Karine tinha outro filho, de 8 anos. Parentes disseram, em depoimento, que desconheciam ameaças contra ela, mas a polícia recebeu informações de que seu atual namorado faria parte de uma milícia - quadrilha formada por policiais e ex-policiais que exploram comunidades pobres, sob pretexto de defendê-las do tráfico. A polícia espera ter acesso a imagens de um radar de fiscalização de velocidade para tentar identificar a placa do carro usado pelos assassinos.

    Leia tudo sobre: violênciarioassassinatomortecriança

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG