Mulher de Polegar é presa acusada de lavagem de dinheiro

Polícia Civil cumpre mandados de prisão para familiares de traficantes envolvidos com ataques no Rio.

iG Rio de Janeiro |

Agência O Globo
A mulher do traficante Polegar, da Mangueira, suspeito de ordenar os ataques recentes no Rio, foi presa
Viviane Sampaio, mulher do traficante Polegar, suspeito de envolvimento com os ataques desta semana no Rio, foi presa às 9h deste sábado (27) pela Polícia Civil em seu apartamento na Rua Carlos Oswald, na Barra da Tijuca, bairro de classe média na zona oeste da capital fluminense. De acordo com a corporação, a tia de Viviane, que ainda não foi identificada, também foi detida pelos policiais.

Ela é acusada de lavagem de dinheiro para o tráfico. Polegar é o chefe do crime organizado na Mangueira e foi condenado a 22 anos de prisão por tráfico de drogas. O mandado que possibilitou a operação foi expedido nesta sexta-feira (26) pela 34ª Vara Criminal. A  Polícia Civil está cumprindo mandado de prisão de familiares de quatro traficantes envolvidos nos ataques durante esta semana.

Márcia Gama Nepouceno, mulher do traficante Marcinho VP, também suspeito de ordenar as ofensivas do tráfico, foi presa nesta sexta-feira (26) por policiais civis. Ela também foi acusada de lavagem de dinheiro. A Justiça também determinou o bloqueio de todos os bens da família do traficante.

    Leia tudo sobre: prisãopolegarataquesrio de janeiropolícia civil

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG