Mulher de Marcinho VP é presa e advogados têm prisão decretada

Advogados teriam repassado informações do traficante, que está preso e teria ordenado os ataques, a integrantes de facção no Rio

iG São Paulo e iG Rio de Janeiro |

A Polícia Civil prendeu na noite desta sexta-feira (25) Márcia Gama Nepouceno, mulher do traficante Marcinho VP, suspeito de ordenar, de dentro de presídio, os ataques ocorridos nesta semana no Rio de Janeiro.

A mulher de Marcinho VP é acusada de lavagem de dinheiro. A Justiça também determinou o bloqueio de todos os bens da família do traficante.

A Justiça do Rio de Janeiro também decretou nesta sexta-feira a prisão preventiva de três advogados do traficante Marcinho VP. A decisão é do juiz Alexandre Abrahão Dias Teixeira, da 1ª Vara Criminal de Bangu, na Zona Oeste da capital fluminense.

Segundo a decisão, os advogados Beatriz da Silva, Flavia Pinheiro Fróes e Luiz Fernando Costa supostamente passaram informações de Marcinho VP, que estava preso na penitenciária de segurança máxima de Catanduvas e teria ordenado os ataques no Rio, a integrantes de facção criminosa que estavam na capital fluminense.

O juiz solicita que os advogados sejam encaminhados a presídios fora do Rio.
Marcinho VP e Elias Maluco foram transferidos nesta quinta-feira para o presídio federal de Porto Velho, em Rondônia.

    Leia tudo sobre: advogados marcinho vp

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG