Mulher de chef de cozinha foi a hospital sem saber da morte do marido

Ela recebeu a notícia de morte de companheiro por um funcionário que faltou ao serviço

Beatriz Merched, iG Rio de Janeiro |

Mulher do chefe de cozinha Severino Antônio Tavares, um dos três mortos na explosão ocorrida em um restaurante no centro do Rio de Janeiro na manhã desta quinta-feira (13), Maria de Lourdes Santiago, foi orientada pelo Corpo de Bombeiros para ir ao Hospital Municipal Souza Aguiar sem saber ainda que o marido havia morrido.

Assista: Câmera flagra momento da explosão no centro do Rio

Márcia Foletto / Agência O Globo
Explosão de restaurante deixou três mortos e 17 feridos
Ao chegar ao local, Maria de Lourdes perguntou aos jornalistas sobre notícias do companheiro. "Eu quero saber do meu marido. Os bombeiros ligaram para a minha casa e pediram para vir para cá. Cheguei aqui, vi a lista e não vi o nome do meu marido", disse.

Aos prantos, Maria acabou recebendo a notícia da morte de Severino pelo funcionário do restaurante Rubens Barbosa dos Santos, que chegou atrasado ao serviço. Rubens contou o fato primeiro para o filho de Maria e em seguida para a mulher do chefe de cozinha.

Três pessoas morreram e pelo menos outras 17 ficaram feridas em consequência da explosão ocorrida Segundo informações do Corpo de Bombeiros, duas vítimas fatais eram funcionárias do restaurante Filé Carioca e a terceira era um pedestre.

Testemunhas que estavam no local após a explosão relataram que havia um forte cheiro de gás na região. A hipótese de vazamento de gás, no entanto, ainda não foi confirmada pelas autoridades.

Assista ao vídeo do momento em que Maria de Lourde recebe a triste notícia:

Caso não consiga visualizar as imagens, clique no link abaixo:

Mulher recebe notícia da morte do marido em explosão no Rio 

    Leia tudo sobre: explosãorestaurantebombeiros

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG