MP-RJ denuncia caminhoneiro por sequestro e abuso de menores

Homem ameaçou abandonar meninas em estrada caso não fizessem sexo com ele. As vítimas foram oferecidas para programas

iG Rio de Janeiro |

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) ofereceu denúncia à Justiça, nesta quinta-feira (12), contra o caminhoneiro Luiz José da Silva Filho pelos crimes de conjunção carnal com menor, sequestro e tentativa de submeter ou explorar a prostituição de três adolescentes. Segundo o MP, as meninas, duas de 12 anos e uma de 13, pegaram carona com o acusado no dia 9 de agosto, no município de Posto da Mata, com a intenção de seguirem até Nova Viçosa, ambos na Bahia. Porém, o caminhoneiro não teria permitido que as adolescentes deixassem o veículo e seguiu com elas até a cidade do Rio de Janeiro.

De acordo com o MP, no dia 10, próximo ao município de Campos, no interior do Estado do Rio, o caminhoneiro ameaçou abandoná-las na estrada caso não mantivesse relações sexuais com elas. Uma das meninas foi poupada após ter afirmado que era virgem. O denunciado teria ainda telefonado para amigos oferecendo as adolescentes para programas. Ele supostamente pediu R$50 pelo “serviço completo” e R$20 por sexo oral.

Após denuncias de transeuntes, policiais militares prenderam Luiz José em fragrante, na noite do dia 10, dentro do caminhão acompanhado das vítimas, no bairro do Caju, zona portuária da capital fluminense. Com medo, as meninas teriam alegando, inicialmente, que eram sobrinhas do homem, mas depois acabaram revelando o que aconteceu. A pena para os crimes pode chegar a 37 anos de prisão.

    Leia tudo sobre: MPcaminhoneiroexploração de menores

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG