MP prende quadrilha que atuava dentro de delegacia

Delegado, três inspetores, advogado e guarda municipal são acusados de sequestros no Norte Fluminense

iG Rio de Janeiro |

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público do Estado do Rio realizou a operação Macabu que prendeu, nesta quinta-feira (29), o delegado Roldenyr Alvez Cravo além de três inspetores, de um advogado e um Guarda Municipal do município de Carapebus, no Norte Fluminense.

Eles são acusados de extorsões mediante sequestro, formação de quadrilha armada, roubo, extorsões e usurpação de função pública na forma qualificada e atuavam na 122ªDP (Conceição de Macabu).

A quadrilha, segundo denúncia do GAECO, simulava a existência de ilícitos, privando da liberdade do suposto criminoso.

Leia também : Polícia Federal prende prefeito de município do Norte Fluminense

Na delegacia, de acordo com a denúncia, os acusados exigiam dinheiro dos familiares da pessoa detida para liberá-la."sempre com muita violência e gravíssimas ameaças, passar a exigir dos familiares da pessoa ilegalmente acautelada e da própria vítima altas somas de dinheiro, com a falsa promessa de deixar de lavrar o ilegal auto de prisão em flagrante e, em consequência, liberá-la”.

Um Promotor de Justiça, delegados e agentes da corregedoria da Polícia Civil e do Grupo de Apoio aos Promotores (GAP) cumpriram os mandados de prisão e os de busca e apreensão em Três Rios, Valença, Resende, Conceição de Macabu e Macaé, municípios do interior do estado.

A quadrilha atuava desde julho de 2011 na delegacia - época em que o delegado Cravo assumiu a titularidade da unidade -  trazendo com ele sua equipe de confiança, os inspetores de Polícia Civil Dennes Garcia Moreno Júnior, Marcos Vinícius Lopes e Claudio José de Faria, todos denunciados.

De acordo com a denúncia do GAECO, em uma das ações criminosas, em agosto do ano
passado, a quadrilha privou a liberdade de um comerciante e, por intermédio do
Guarda Municipal, exigiram a quantia de R$ 25 mil.

    Leia tudo sobre: gaecodelegaciaquadrilha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG