Estrangeiro foi morto em abril enquanto conversava com um amigo

selo

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) denunciou por homicídio qualificado o suspeito de matar a facadas o professor francês Raphael Cyril Christophe Chamaillard, no Catete. O crime aconteceu no último dia 30 de abril.

Carlos Alves dos Reis é acusado de ter atacado a vítima na esquina das ruas Silveira Martins e Andrade Pertence. Chamaillard foi esfaqueado pelas costas, enquanto conversava com um amigo.

O professor foi levado para o Hospital Municipal Souza Aguiar, mas chegou morto à unidade. O francês estava radicado no Brasil desde 2003. O MP-RJ ainda apura qual teria sido o motivo do crime.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.