MP denuncia policiais que receberam propina no caso Rafael Mascarenhas

Policiais foram denunciados por três crimes

iG Rio de Janeiro |

O Ministério Público do Rio denunciou à Justiça Militar nesta segunda-feira (23) os policiais militares Marcelo José Leal Martins e Marcelo de Souza Bigon, do 23°BPM(Leblon), por corrupção passiva, falsidade ideológica e descumprimento de função.

A denúncia foi oferecida pela titular da 1ª Promotoria de Justiça do Ministério Público o Rio de Janeiro, Isabella Lucas. De acordo com a denúncia, na madrugada de 20 de julho, os PMs aceitaram, de Roberto Martins Bussamra, promessa de recebimento de R$ 10 mil para não conduzir à delegacia o motorista Rafael Bussamra. 

Bussamra acabara de atropelar o músico e filho da atriz Cissa Guimarães, Rafael Mascarenhas, dentro do túnel Acústico, na zona sul do Rio. O filho da atriz morreu em decorrência do atropelamento.

Os policiais foram indiciados por falsidade ideológica por apresentar um registro de ocorrência com informações falsas. Já por descumprimento de função por terem abandonado o patrulhamento para escoltar o carro do atropelador.

Caso sejam condenados pelos três crimes, os policiais podem cumprir de 3 a 8 anos de prisão em regime fechado.

    Leia tudo sobre: Rafael MascarenhasCissa Guimarãespropina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG