Motoristas que se recusam a fazer teste do bafômetro diminuem no Rio

No início da Operação Lei Seca, 12% dos condutores se negavam. Atualmente, esse número caiu para 1,4%

Daniel Gonçalves, especial para o iG |

Os motoristas do Rio de Janeiro estão aceitando com mais facilidade o teste do bafômetro nas blitzes da Operação Lei Seca. É o que aponta uma pesquisa do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Segundo o levantamento, no início da ação, em março de 2009, 12% dos motoristas se recusavam a soprar o etilômetro. Atualmente, apenas 1,4% se negam a fazer o teste.

O estudo foi desenvolvido por alunos da Escola de Enfermagem Anna Nery em blitzes realizadas nos bairros de Copacabana e Botafogo, na zona sul, e Barra da Tijuca, na zona oeste, entre junho e agosto de 2010.

A pesquisa indicou que as operações são aprovadas por 91% dos motoristas abordados nas blitzes, e que 95% dos que se submeteram ao teste não ingeriram bebida alcoólica. 6,5% dos entrevistados admitiram que pegam no volante após ingerirem bebidas alcoólicas.

O levantamento traçou um perfil dos motoristas abordados nas blitzes. A maioria é homem (80%), tem entre 20 e 40 anos (66%), é solteiro (58%) e tem escolaridade em nível superior (67%). Quanto à atuação das equipes nas operações, 47% classificou como muito boa e 43% como boa. O atendimento nas barracas foi considerado muito bom para 45,9% e bom para 46,4%.

No total, segundo o governo do Rio, foram entrevistados 362 motoristas, sempre às sextas-feiras, sábados e domingos, entre 22h e 3h.

Aplicadas 55 mil multas

Um total de 343.465 motoristas foram abordados na Operação Lei Seca desde 19 de março de 2009, início da ação, até a madrugada desta quarta-feira (20). 55.208 condutores foram multados e 22.756 carteiras de habilitação recolhidas. Os fiscais aplicaram 3.392 sanções administrativas e 1.177 criminais.

A Operação Lei Seca abrange bairros da cidade do Rio, municípios da Região Metropolitana e da Baixada Fluminense. De acordo com o governo, as ações são desenvolvidas nas vias com maior número de acidentes.

    Leia tudo sobre: operação lei secatrânsitobafômetro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG