Motoristas de ônibus entram em greve no Rio

Paralisação afeta cerca de 3,4 milhões de pessoas

AE |

Os motoristas de ônibus do Rio de Janeiro entraram em greve na manhã desta segunda-feira. Segundo informações da Secretaria Estadual de Transportes, cerca de 3,4 milhões de pessoas utilizam o transporte coletivo diariamente.Para diminuir o impacto da paralisação aos passageiros, a pasta determinou que trens, metrô e barcas operem com a capacidade máxima.

Levantamento da Secretaria Municipal de Transportes mostra que grande parte da frota das empresas está circulando nesta manhã, com algumas linhas apresentando deficiências e provocando acúmulo de usuários nos pontos de ônibus.

De acordo com a secretaria municipal, o trânsito, que flui normalmente, está sendo monitorado por fiscais da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio).

Para a segurança da população, o policiamento feito pela Polícia Militar (PM) foi reforçado, principalmente nas proximidades das garagens de ônibus, na Central do Brasil e nas rodoviárias, informou a corporação.

Correção: a nota foi atualizada às 11h20. Diferentemente do que havia sido informado, a greve acontece na cidade do Rio de Janeiro, e não no Estado.

Leia também:

Acompanhe o trânsito em tempo real

Minha Notícia: tem informações sobre a greve? Envie ao iG

    Leia tudo sobre: greve de ônibusRio de Janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG