Motoristas de ônibus de Niterói e São Gonçalo encerram a greve

Categoria aceitou proposta de reajuste salarial de 10%. Paralisação começou na quinta

iG Rio de Janeiro |

Os rodoviários das cidades de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá e Tanguá, na região metropolitana do Rio de Janeiro, decidiram nesta segunda-feira (2) a greve que foi iniciada na última quinta-feira (29).

A categoria aceitou a proposta das empresas de ônibus de aumento salarail de 10%, 25% de reajuste na cesta básica, 10% de aumento sobre o ajudo de custo na aquisição de uniformes, garantia da gratuidade na passagem de ônibus e o pagamento dos cinco dias em que estiveram em greve

    Leia tudo sobre: greveônibusniteróisão gonçalo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG