Morro da Mangueira recebe nos próximos dias a sua UPP

Implantação de UPPs nos complexos do Alemão e da Penha terá início em março de 2012

Agência Brasil |

O Morro da Mangueira será a próxima favela da capital fluminense a receber uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). Ela vai ser instalada dentro de alguns dias, disse nesta quinta-feira (8) o secretário estadual de Segurança, José Mariano Beltrame, que se reuniu com os comandantes das 17 UPPs existentes.

O encontro foi para fazer um balanço do trabalho feito pelas unidades, experiência que começou com a ocupação do Morro Dona Marta, em Botafogo, zona sul do Rio. Beltrame afirmou que até 2014, ano da Copa do Mundo , a capital fluminense terá 40 UPPs.

Os complexos de favelas do Alemão e da Penha, atualmente ocupados por soldados da Força de Pacificação, terão até março de 2012 as suas UPPs, conforme anunciou o governador Sérgio Cabral. As duas regiões foram pacificadas em novembro de 2010 com tropas do Exército, mas vêm enfrentando reações dos traficantes nos últimos dias.

A permanência dos soldados do Exército nas duas comunidades está prevista até junho de 2012 , com efetivo que chegará a 2.200 homens, para garantir a paz à população. As informações foram divulgadas em nota pelo Governo do Estado.

Rocinha e Vidigal

Em entrevista hoje no perfil da secretaria no Twitter, Beltrame reiterou que o cronograma do projeto das UPPs, prevê unidades em Niterói, na Baixada Fluminense e nas comunidades da Rocinha e do Vidigal, na zona sul carioca.

"Posso dizer que não somente Niterói, mas a Baixada e algumas cidades do interior estão no nosso planejamento, que prevê 40 UPPs. A Rocinha e o Vidigal já têm data marcada para a instalação, que será feita. Mas quando se anuncia, há que se cumprir, e de promessas o mundo está cheio. Prefiro não dizer quando, mas garanto que elas vão chegar. Problemas vão existir sempre, entendemos que fazem parte do processo de pacificação, que é absolutamente necessário", disse.

Segundo Beltrame, desde o início da implantação das UPPs, no fim de 2008, cerca de 1.000 suspeitos foram presos em favelas pacificadas.

    Leia tudo sobre: Morro da MangueiraUPPpacificaçãofavelas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG