Morre no Rio o jornalista Rogério Marinho

Ele era vice-presidente da Infoglobo e irmão mais novo do empresário Roberto Marinho

iG Rio de Janeiro |

Agência O Globo
Rogério Marinho morreu após uma insuficiência respiratória aguda / Foto de arquivo 18/08/2005
O jornalista Rogério Marinho, de 92 anos, morreu no início da manhã desta segunda-feira (25) no Hospital Samaritano, em Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro. A morte foi decorrente de uma insuficiência respiratória aguda. Ele estava internado desde a última quarta-feira (20).

O velório do jornalista vai ser realizado hoje à tarde na capela 1 do cemitério São João Batista, também no bairro de Botafogo. Rogério era vice-presidente da Infoglobo e irmão mais novo do empresário Roberto Marinho. Ele deixa a mulher, dona Elizabeth, com quem foi casado por mais de 60 anos, filha e netos.

Em depoimento ao projeto "Memória Globo", Rogério Marinho descreveu a atividade jornalística quando exercia a profissão. "Era um jornalismo heróico. Não era esse jornalismo de hoje, tecnológico. Era um jornalismo de esforço pessoal, cada um fazia o que devia fazer e o que outros deviam fazer também, para não atrasar o jornal". Dr. Rogério, como era chamado por todos no jornal e demais empresas do grupo, foi repórter na área de esportes, redator, diretor-substituto e, finalmente, vice-presidente da Infoglobo.

    Leia tudo sobre: rogério marinho

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG