Ele era prestador de serviço e ficou gravemente queimado depois de uma explosão no quadro de força do prédio do TJ

Morreu neste domingo (2) o eletricista Flávio dos Santos Boto, ferido em uma explosão no prédio do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro no sábado (TJ-RJ) .

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, Flávio teve 90% do corpo queimados e não resistiu. Ele estava internado em "estado gravíssimo" no Centro de Tratamento de Queimados (CTC) do Hospital Municipal Souza Aguiar.

Flávio era funcionário terceirizado de uma empresa que presta serviço para o TJ. Na manhã deste sábado, ele fazia a manutenção no quadro de força do tribunal. A explosão ocorreu por volta das 9h.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.