Moradores do Complexo do Alemão cobram avanços sociais e respeito

Após encontro de movimentos sociais, documento com reivindicações é feito e "tem objetivo de aprofundar o debate com a sociedade"

Agência Brasil |

Movimentos sociais do Complexo do Alemão cobram avanços nas políticas públicas para a região e pedem respeito aos direitos humanos. Uma das reclamações está relacionada à forma como muitos policiais têm entrado nas casas, arrombando portas e quebrando móveis. O assunto foi debatido na tarde de hoje (2) durante reunião entre entidades da sociedade civil e de proteção ao meio ambiente que atuam na área.

O encontro foi organizado pelo Comitê de Desenvolvimento Local da Serra da Misericórdia (CDLSM), que reúne organizações não governamentais que atuam no Alemão e no seu entorno. As reivindicações foram apresentadas em um documento de três páginas, "com objetivo de aprofundar o debate com a sociedade, o Poder Público e a mídia, para além da ocupação militar.”

“São necessários investimentos para tirar do papel um conjunto de propostas e projetos de caráter socioambiental, cultural e nas áreas de educação, saúde, mobilidade urbana, saúde ambiental, esportes, assistência social e segurança pública”, ressalta o documento.

 Informações, denúncias e contato com a entidade podem ser feitos por meio do seguinte endereço: www.comitedaserra.blogspot.com

    Leia tudo sobre: riotráfico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG