Moradores do Alemão pedem paz. ¿Ninguém aguentava mais isso¿

Para eles, ação da polícia na comunidade é positiva

Daniel Gonçalves, especial para o iG |

Enfrentando mais um dia de confronto entre bandidos e policiais no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio, moradores da região se mostram confiantes na ação da polícia. A cozinheira Marinalva da Silva Gomes, de 49 anos, afirmou que está aliviada pela primeira vez em muitos anos. Ela se mudou para o Alemão em 2005 e disse que desde então não consegue viver em paz. Para ela, essa ocupação da policia e das forças armadas já deveria ter acontecido antes.

“Ninguém aguentava mais isso. É horrível, humilhante. Tinha vezes que eu abria a janela do meu quarto e tinha meia dúzia usando drogas na frente da minha casa. Agora eu tenho fé de que as coisas vão mudar”.

Um pastor evangélico da igreja Nova Vida de Olaria – localizada na Rua Uranus, no bairro de Olaria que também dá acesso ao Alemão –, que pediu para não ser identificado, disse que na Copa do Mundo de 2014 e nas Olimpíadas de 2016 o mundo vai ver um novo Rio de Janeiro. Ele faz parte de uma ONG chamada “Rio vai nascer de novo”, que desde 2002 debate soluções para melhorar a qualidade de vida da população.

Agência Estado
Moradores fazem inscrição com pedido de paz no Alemão
“Hoje é o dia D do começo de uma mudança. Há 20 anos o Rio clama por isso. Vai ser um milagre e o mundo todo vai ver uma cidade mudada porque Deus quer isso”. E finalizou dizendo que os cultos de sua igreja estão acontecendo normalmente, mas apenas com 20% da frequência dos fieis.

    Leia tudo sobre: violência no riocomplexo do alemão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG