Morador diz que viver perto de delegacia `já não adianta nada¿

Criminosos atearam fogo em Honda Civic e fugiram sem levar nada, na noite desta segunda-feira (22)

Fábio Grellet, especial para o iG |

Os poucos moradores da travessa Doutor Araújo, no Maracanã, zona norte do Rio, estão assustados.
Às 22h de segunda-feira (22), criminosos incendiaram um carro modelo Honda Civic, estacionado na rua, em frente ao prédio onde o dono mora.

“Vivo nessa rua há 42 anos e nunca vi nada parecido”, diz , espantado um aposentado de 66 anos que é vizinho da vítima e não quer se identificar.

A rua tem apenas dois quarteirões, é tão estreita que obriga os carros a estacionarem em cima da calçada e fica próxima de uma delegacia de polícia, a 18°DP (Praça da Bandeira). “Mas isso já não adianta nada”, conforma-se o aposentado.

Segundo vizinhos, o dono do carro é funcionário de uma empresa de antenas e havia chegado em casa 20 minutos antes do incêndio.

Foi a mulher dele quem percebeu o fogo, apagado antes de destruir totalmente o Civic verde de quase dez anos.
Os criminosos fugiram sem roubar nada. O carro foi levado hoje para a oficina, que tentará recuperá-lo.
“Ele trabalhava com o veículo, e agora não sei como vai fazer”, conta o vizinho.
“Aqui, todo mundo se conhece e uma coisa dessas deixa a gente preocupado”, afirma uma dona de casa que também mora na travessa.

    Leia tudo sobre: carro incendiadoviolênciacrime

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG