Milicianos são transferidos para prisão federal

Grupo foi levado em voos comerciais para Catanduvas, no Paraná

iG Rio de Janeiro |

Três acusados de comandar uma milícia no Rio de Janeiro foram transferidos na manhã deste sábado para o presídio federal de segurança máxima de Catanduvas, no Paraná. De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança, Francisco César Oliveira, o Chico Bala, Herbert Canijo da Silva Filho, o Escangalhado, e Alex da Silva Monteiro, o Popeye, viajaram em voos comerciais.

Ex-policial militar, Chico Bala foi preso em fevereiro deste ano, na cidade de Guarapari, no Espírito Santo. Em abril, o Ministério Público ofereceu denúncia contra ele e mais oito suspeitos de integrar uma milícia que atuava em bairros da zona oeste do Rio. Na época, o MP solicitou a transferência dos líderes do grupo paramilitar para um presídio federal de segurança máxima.

Segundo investigações, a milícia comandada pelos acusados transferidos atuava, principalmente, nos bairros de Santa Cruz e Campo Grande. O grupo praticava extorsões a comerciantes e moradores da região, que eram ameaçados com o uso de armas e torturas físicas.

    Leia tudo sobre: milíciacatanduvaschico bala

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG