Menino de 11 anos morre baleado em baile funk em subúrbio no Rio

Garota de 13 anos também levou um tiro, nas nádegas. Evento acontecia perto de duas favelas dominadas pelo tráfico

iG Rio de Janeiro |

Um menino de 11 anos foi baleado na cabeça e morreu e uma menina de 13 levou um tiro na região glútea, na madrugada deste domingo, em um baile funk em Costa Barros, no subúrbio do Rio.

O evento acontecia perto dos morros do Chapadão e da Pedreira, duas comunidades dominadas pelo tráfico de drogas. De acordo com a polícia, criminosos promovem bailes do gênero para aumentar a venda de drogas.

Leia também: PM descobre feira de drogas em baile funk na zona oeste carioca

Há uma semana, um homem foi baleado em um baile funk em Diadema (SP), em circunstâncias semelhantes.

Após serem baleados, o menino e a menina foram levadas para o Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes, por volta das 5h, mas o garoto não resistiu ao ferimento e morreu. A adolescente, que passa bem e não corre risco de morte, não soube dizer de onde veio o disparo.

Costa Barros é um dos bairros com pior IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) – 0,713 – na cidade do Rio, próximo ao do Complexo do Alemão (0,711). De acordo com o índice da ONU (Organização das Nações Unidas), quanto mais próximo de 1 melhor a qualidade de vida das pessoas. Para efeito de comparação, o IDH de bairros da zona sul do Rio, área mais rica, é acima de 0,95.

A Delegacia de Homicídios está investigando o caso.

    Leia tudo sobre: Costa Barros. Rioviolênciabaile funkfavela

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG