Menino de 10 anos que recebeu coração artificial ganha novo órgão no Rio

Garoto recebeu coração de mulher de 37 anos. Doadora morreu após ser supostamente agredida pelo marido e a filha em Volta Redonda

iG Rio de Janeiro |

Primeira criança a receber um coração artificial no Brasil, o menino Patrick Hora Alves, de 10 anos, foi submetido a um transplante do órgão nesta sexta-feira (15) no Instituto Nacional de Cardiologia, no Rio de Janeiro.

Patrick recebeu o coração de uma mulher de 37 anos que teve morte cerebral, em Volta Redonda, no Sul Fluminense, na última quinta-feira (14). O órgão foi transportado de helicóptero para o Rio de Janeiro

Segundo o hospital, a cirurgia, que durou cinco horas, foi um sucesso. O garoto continua em estado grave e as próximas 72 horas serão decisivas, segundo a assessoria de imprensa do Instituto.

De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, Patrick sofre de uma doença chamada de miocardite restritiva, que foi descoberta no ano passado. Há 21 dias, ele recebeu um coração artificial, que fica fora do corpo.

Morte de doadora é investigada

A Polícia Civil está investigando se a morte cerebral da doadora tenha sido provocada por supostas agressões que ela sofreu no início da semana. Os suspeitos do crime são o marido da vítima e a sua filha, de 18 anos, que foram presos nesta sexta-feira.

A mulher desconfiava que a filha vinha mantendo um relacionamento às escondidas com o companheiro e flagrou os dois na última segunda-feira (11). Na ocasião, houve discussão e a futura doadora teria sido agredida pela própria filha e o marido.

Na quinta-feira, a mulher teve morte cerebral constatada. Seu companheiro e sua filha tiveram prisão decretada pela Justiça suspeitos do crime de lesão corporal seguida de morte.

    Leia tudo sobre: meninocoração artificialtransplante

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG