Menino atingido por alicate na cabeça deixa CTI de hospital

Simão Felipe, de 12 anos, se recupera bem e foi transferido para enfermaria pediátrica

iG Rio de Janeiro |

O menino de 12 anos atingido na cabeça por um alicate no último domingo (2) foi transferido neste sábado (8) do Centro de Terapia Intensiva (CTI) para a enfermaria pediátrica do Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Reprodução
Tomografia computadorizada mostra o alicate preso na cabeça do menino de 12 anos
De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, Simão Felipe Nascimento Coelho de Oliveira está lúcido e se recupera bem da cirurgia feita para a retirada do alicate. O ferimento causado pela ferramenta não causou déficit neurológico motor no menino, segundo os médicos.

O alicate foi arremessado por outra criança, de 13 anos, e ficou encravado na parte de trás da cabeça de Simão Felipe. O menor agressor compareceu à delegacia responsável pelo caso em companhia do pai e confessou ter atirado a ferramenta durante uma discussão entre ele e a vítima.

O menino que arremessou o alicate relatou que estava consertando sua bicicleta quando Simão Felipe chegou com dois amigos e o agrediu com um soco. Eles já se conheciam e outras brigas já teriam ocorrido. Após o soco, a criança arremessou a ferramenta contra Simão Felipe.

O agressor, por ser menor de idade, foi autuado por fato correspondente a tentativa de homicídio. Um Auto de Investigação de Ato Infracional já foi instaurado. A polícia aguarda a alta do menino atingido para ouvir a sua versão sobre o caso. Outras testemunhas também vão prestar depoimento.

    Leia tudo sobre: alicatealicate na cabeçahemorragiaacidente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG