Menina teria sido agredida por mãe e filha em escola no Rio

Mulher teria segurado a garota para que a filha, colega de classe da vítima, também batesse nela

Bruna Fantti e Daniel Gonçalves, especial para o iG |

 A Polícia Civil está procurando uma mulher, identificada como Vanessa da Silva, suspeita de agredir na quinta-feira (19) uma menina de 11 anos dentro da Escola Municipal Aldebarã, em Santa Cruz , zona oeste do Rio de Janeiro. Ela também teria segurado a garota para que a filha, colega de classe da vítima, batesse nela. A adolescente foi levada por policiais para o Hospital Estadual Pedro II. Ela teve ferimentos no rosto e nos braços.

Segundo a polícia, a garota contou que discutiu na quarta-feira (18) com a filha da agressora. A colega de classe então disse que levaria a mãe até a escola para resolver a situação. No dia seguinte, ambas entraram na sala e bateram na estudante.

O caso foi registrado na 36ª DP (Santa Cruz), mas pode ser transferido para a Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (Dcav). Se for comprovada a agressão, Vanessa pode responder por lesão corporal. A pena para esse tipo de crime é de dois a oito anos de prisão.

    Leia tudo sobre: agressãoescola

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG