Médicos residentes entram em greve por reajuste salarial no Rio

Associação dos Médicos Residentes garante que atendimentos de emergência não serão afetados

iG Rio de Janeiro |

Os médicos residentes do Sistema Único de Saúde (SUS) do Rio de Janeiro entraram em greve nesta terça-feira reivindicando melhores condições salariais. A categoria exige reajuste de 38,7% na bolsa-auxílio, que é de R$6,60 por hora trabalhada. Eles pedem também o pagamento de 13º salário, licença maternidade por seis meses e auxílios moradia e alimentação.

A Associação dos Médicos Residentes do Rio de Janeiro informou que os atendimentos de emergência não serão afetados nas unidades de saúde. Eles pretendem promover uma manifestação às 11h em frente à Câmara Municipal, na Cinelândia, Centro da capital fluminense. Ainda hoje os residentes vão se reunir, no final da tarde, para decidirem se a greve vai continuar no decorrer da semana.

    Leia tudo sobre: Médicos residentesgreve

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG