Médico é detido por desacato a policiais no Rio

Segundo informação recebida pela PM, profissional não estava atendendo aos pacientes

iG Rio de Janeiro |

Um médico foi detido na noite de quarta-feira (27) por desacato a policiais militares no Hospital Municipal Paulino Werneck, na Ilha do Governador, zona norte do Rio.

Soldados do 17º BPM (Ilha do Governador) tinham ido à unidade para checar a informação de que o profissional de saúde, plantonista na ocasião, não estava atendendo aos pacientes.

Aos chegarem ao hospital, o médico começou a discutir com os policiais e acabou preso. Ele foi levado para a 37ª DP (Ilha do Governador), onde foi autuado por desacato a autoridade e, depois, liberado.

Procurada pela reportagem, a direção do Hospital Municipal Paulino Werneck informou que no momento da ocorrência a unidade trabalhava com capacidade máxima.

Segundo a direção, os médicos estavam priorizando os casos mais graves, com profissionais fazendo o acolhimento e classificação de risco. Uma paciente não teria aguardado o atendimento e acionado os PMs.

    Leia tudo sobre: desacatomédicos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG