Marinha vai atuar na ocupação da favela da Rocinha

Ministério da Defesa autorizou o uso de blindados da corporação na ação, que deverá ocorrer no próximo domingo

iG Rio de Janeiro |

O Ministério da Defesa autorizou o uso de blindados da Marinha na ocupação da favela da Rocinha, na zona sul do Rio de Janeiro, que deverá acontecer no próximo domingo (13).

Leia também : Corregedoria cerca Rocinha para apurar suposta ajuda de policiais a Nem

A reportagem do iG apurou que, há dez dias, o governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), solicitou à pasta apoio logístico para a ação e recebeu resposta positiva. Na ação da Rocinha, seriam usados os blindados chamados de Lagarta Anfíbios.

Desde ontem à noite (8), o Batalhão de Choque da PM reforça o patrulhamento na Rocinha. Os PMs estão fixados em dois pontos e revistam vans e motociclistas que passam pela região. De acordo com a PM, a ação tem como objetivo impedir a fuga de traficantes.

Os arredores da favela também estão cercados por agentes da Corregedoria da Polícia Civil e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core). O corregedor Gílson Emiliano decidiu deflagar a ação após ter recebido uma denúncia de que o chefe do tráfico da Rocinha, Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, fugiria da comunidade com a ajuda de PMs e policiais civis.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG