Marinha prevê mar menos agitado no Rio a partir de amanhã

População, no entanto, deve evitar o banho de mar. Ressaca atinge praias da capital e de Niterói. Ondas chegaram a 3,5 metros

iG Rio de Janeiro |

Marcelo Piu / Agência O Globo
Surfistas aproveitaram as ondas grandes na praia de Copacabana
Após a ocorrência de ressacas nas orlas do Rio de Janeiro e Niterói desde a noite da última terça-feira (23) e que provocou ondas de até 3,5 metros, o Centro de Hidrografia da Marinha informou que o mar deverá ficar menos agitado a partir desta quinta-feira (25).

Apesar da previsão da redução nas ondas, o centro alerta à população para ainda evitar o banho de mar. O mesmo conselho é direcionado para os comandantes das embarcações e pescadores.

Na praia de Copacabana, na zona sul da capital, parte da areia foi tomada pelas águas, e no bairro de Ipanema o mar está bastante agitado. Outras praias cariocas, como a Barra da Tijuca, na zona oeste, e São Conrado, na zona sul, também foram atingidas pela ressaca.

Na praia das Flechas, em Niterói, a força da água destruiu parte do calçadão na orla que já havia sido afetado pela última ressaca, em junho. As garagens de alguns prédios foram alagadas.

Por causa do mar agitado, os catamarãs que fazem a travessia Praça 15-Charitas pela Baía de Guanabara estão navegando com velocidade reduzida, mas não ha registro de incidentes.

Luiz Gomes/Agência O Globo
Na praia das Flechas, em Niterói, a força da água destruiu calçadão

 Com informações da Agência Brasil

    Leia tudo sobre: ressacaspraiaRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG