Mais um idoso morre em São João de Meriti, na Baixada Fluminense

Foi o segundo caso em dois dias, no município, de pacientes que aguardavam transferência para o CTI de um hospital

Daniel Gonçalves, especial para o iG |

Um idoso identificado como Edio Cavalheiro, de 79 anos, morreu na noite de segunda-feira (18), por volta das 21h, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Essa foi a segunda morte em dois dias de pacientes que aguardavam transferência para um Centro de Tratamento Intensivo de um hospital.

No domingo (17), no mesmo município, a aposentada Magda Lúcia dos Santos, de 61 anos, morreu no Posto de Saúde da Vila São João após cinco dias esperando uma transferência para um hospital público ou particular. A família da idosa possuía uma ordem judicial determinando seu encaminhamento imediato.

Magda teve um derrame no dia 11 de outubro, quando foi levada para o posto de saúde. Familiares chegaram a registrar queixa na polícia pelo descumprimento da ordem da Justiça.

A Secretaria Estadual de Saúde informou que a vaga no Centro de Tratamento Intensivo para a idosa só foi pedida pelo município de São João de Meriti quando a paciente já estava com morte encefálica.

Já a prefeitura nega a versão e diz que o posto de saúde fez contato com aproximadamente 40 unidades de saúde públicas e particulares, mas não conseguiu vaga para a aposentada.

    Leia tudo sobre: saúdeupp

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG