Mais um cantor de funk é preso no Rio suspeito de apologia ao tráfico

Mc Didô se apresentou espontaneamente à polícia e pode responder também por formação de quadrilha

Daniel Gonçalves, especial para o iG |

O cantor de funk Anderson Romualdo Paulino da Silva, conhecido como Mc Didô, foi preso nesta quinta-feira após se apresentar espontaneamente na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, no Rio de Janeiro. Ele pode responder por apologia ao tráfico de drogas, além de formação de quadrilha.

Segundo a polícia, ele estava sendo procurado desde quarta-feira (15), quando quatro cantores de funk foram presos suspeitos de divulgar vídeos na internet onde aparecem cantando músicas de apologia ao crime. Dois deles são irmãos e foram detidos em Madureira, na zona norte da capital fluminense.

De acordo com a corporação, em uma das gravações, a dupla canta um funk cuja letra diz que Fabiano Atanásio da Silva, o FB, apontado como ex-chefe do tráfico na Vila Cruzeiro, na Penha, zona norte, está foragido na Rocinha, na zona sul, dominada por uma facção rival.

Na ação de quarta, foram apreendidos cordões, pulseiras e anéis de ouro, além de computadores, CDs e DVDs. Eles podem responder por apologia ao crime, incitação, associação ao tráfico e formação de quadrilha.

    Leia tudo sobre: apologiatráfico de drogas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG