Mais de 100 famílias já foram resgatadas pelo Exército

Com apoio do governo federal, prefeitura de Teresópolis cria centro de coordenação operacional para ajudar as vítimas

Flávia Salme, enviada a Teresópolis |

Hélio Motta
O prefeito Jorge Mário e o general José Elito, se reúnem em Teresópolis e definem as ações para os próximos dias
Desde a chegada das Forças Armadas em Teresópolis, na sexta-feira (14), mais de 100 famílias foram resgatadas de áreas que sofreram com as chuvas que devastaram 27 bairros na cidade. Neste domingo (16), o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, general José Elito Carvalho Siqueira, esteve no município e anunciou a criação de um Centro de Coordenação Operacional (CCO) que cuidará de todas as ações de resgate à vítimas e reconstrução das áreas afetadas na Região Serrana do Rio.

Ao lado do prefeito de Teresópolis, Jorge Mário, o general José Elito afirmou que os militares não têm prazo para deixar a região. "O trabalho de resgate e recuperação das áreas destruídas é de médio e longo prazo. Vamos ficar o tempo que for necessário", afirmou.

O general Elito informou ainda que o prefeito Jorge Mário ficará à frente do CCO. "O exército garantirá ajuda no que ele e a região precisarem", garantiu. De acordo com a avaliação do ministro, há homens e máquinas suficientes para recuperar os estragos causados pela chuva.

Espaço aéreo será controlado

Para otimizar o trabalho realizado pelos helicópteros que atuam no resgate de vítimas e no transporte de alimentos e mantimentos para desabrigados, o espaço áreo do município passará a ser controlado. De acordo com o general Elito, não haverá restrição de vôo, apenas controle a fim de evitar acidentes.

Questionado sobre o número de aeronaves que poderiam circular, ele garantiu que todos poderão trabalhar, inclusive os helicópoteros das emissores de TV que cobrem a tragédia na região.

O centro de controle funcionará na prefeitura de Teresópolis e irá coordenar as saídas das aeronaves da Defesa Civil, Exército, Bombeiros e da prefeitura. Os helicópeteros de emissoras de TV também ficarão subordinados a este controle.

A partir da criação do CCO, os moradores de Teresópolis que precisarem solicitar um resgate, passar informações sobre vias obstruídas ou pedir apoio na área da segurança pública deverão ligar para o telefone (21) 2742-7351.

Estado vai priorizar abertura de estradas

Ainda neste domingo, a presidente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Marilene Ramos, informou que o governo do Estado vai priorizar agora a desobstrução de ruas e estradas na cidade de Teresópolis. Uma equipe do Inea está na cidade e também trabalha na recuperação de pontes com o objetivo de agilizar o socorro a moradores que estão em áreas isoladas e permitir a entrega da produção agrícola da região.

Durante o fim de semana, a presidente do Inea vistoriou o trabalho realizado por suas equipes em bairros devastados, como Caleme e Posse, na zona oeste da cidade. Marilene visitou as regiões acompanhada do engenheiro Raul Araújo, responsável pela equipe de emergência no município. Ela também se reuniu com o prefeito Mário Jorge, que falou sobre os prejuízos causados aos produtores rurais.

A presidente do Inea informou que será dada ênfase à recuperação e desobstrução de pontes sobre os rios Vieira, Calado e Bengalas, o que permitirá o escoamento da produção. "Máquinas e equipamentos foram deslocados de todo o Estado em apoio aos municípios atingidos. Vamos permanecer o tempo necessário para a normalização e recuperação dos acessos", afirmou.

As ações do Inea serão estendidas aos sete municípios afetados pela chuva, como Nova Friburgo, que também recebeu caminhões, escavadeiras e tratores para a recuperação de vias. Ao todo, estima-se que cerca de 200 máquinas e equipamentos estejam sendo usadas em Teresópolis, Petrópolis, Friburgo, Areal, São José doVale do Rio Preto, Bom Jardim, Santa Maria Madalena e Sumidouro.

    Leia tudo sobre: tragédia teresópolisexércitoestradasinea

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG