Mães recebem homenagem na Escola Tasso da Silveira

"Esse Dia das Mães será como se fosse o primeiro", diz mãe de aluno baleado que sobreviveu ao massacre

Priscila Bessa, iG Rio de Janeiro |

iG Rio de Janeiro
Grupo de dança se apresentou durante homenagens a mães de alunos da Escola Tasso da Silveira
As mães de alunos da Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, na zona oeste do Rio de Janeiro, foram homenageadas na manhã desta sexta-feira (6), um dia antes de se completar um mês do massacre ocorrido no colégio em que 12 estudantes foram assassinados.

Com a presença da atriz e bailarina Ana Botafogo, a escola promoveu a apresentação de um grupo de dança formado por meninas que vivem em comunidades carentes do Rio.

As mães ficaram emocionadas. Uma delas, Carla Daniele Ferreira teve o filho, Carlos Matheus, baleado durante a tragédia. O menino sobreviveu.

"Foi boa essa homenagem porque o Dia das Mães traz sempre uma sensação maravilhosa. Estar com meu filho, é uma sensação melhor ainda. Esse Dia das Mães vai ser como se fosse o primeiro", disse.

Mãe de uma menina de dez anos que também estuda na Tasso da Silveira, a cabeleireira Eliane Andrade, também ficou muito feliz.

"Foi bonito e emocionante. É muito bom ter esse tipo de coisa (apresentação de dança) na escola agora. A proposta foi interessante porque traz outras ideias na cabeça dos estudantes, abre os horizontes. Esse Dia das Mães vai ser o renascimento dos nossos filhos", afirmou.

Ana Botafogo discursou para o público durante as homenagens e disse que a arte pode ajudar um pouco as famílias superarem o trauma pela mortes.

"Eu eu acho que através de dança ou qualquer manifestação artística, podemos sim resgatar a auto estima das crianças. Espero que as crianças possam ter alegria e as mães um alento. Vai ser um Dia das Mães especial para essas famílias que sofreram tanto. Estamos aqui para dar as mãos, sermos solidários e tentar trazer um pouco de felicidade atraves da arte", declarou.

Para amanhã (7), está prevista a realização de uma missa de um mês da tragédia em uma igreja, em Realengo.

    Leia tudo sobre: massacrerealengo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG