Lima Castro aguarda apenas ordem do secretário Beltrame

PM pede que familiares convençam traficantes a se entregarem. Segundo a corporação, 30 já foram detidos

Flávia Salme, iG Rio de Janeiro |

O coronel Lima Castro, relações públicas da PM, disse que aguarda apenas a ordem do secretário estadual de Segurança, José Mariano Beltrame, para invadir o Complexo do Alemão, zona norte do Rio, onde, estima-se, estão refugiados de 500 a 600 traficantes de drogas.

"Estamos prontos paa invadir e aguardamos a ordem da secretaria (de Segurança)", afirmou Lima Castro.

O ponto de encontro de rendição é a Rua Joaquim de Queiroz, esquina com Rua Itararé, no pé do Morro do Alemão. Ele apelou aos parentes dos traficantes, mães, mulheres e filhos para que convençam aos criminosos a se entregarem para que assim se mantenham vivos.

“Pedimos às mães dos traficante que não criaram seus filhos para estarem nessa vida, às mulheres dos criminosos que convençam seus maridos que fiquem vivos e a seus filhos que falem com seus pais que estejam armados para que se rendam. Eles não têm a mínima chance de confrontar as forças públicas”, apelou o relações públicas.

Segundo ele mais de 30 suspeitos já foram detidos, mas nenhum se apresentou no ponto marcado. No local, há um ônibus com 15 homens que foram considerados suspeitos pela PM e não tinham documento para comprovar sua identidade. Eles serão encaminhados à delegacia, onde as fichas criminais serão levantadas. Em frente a 21ª DP, em Bonsucesso, há outro coletivo com mais 16 suspeitos detidos.

    Leia tudo sobre: operação policialrendiçãocomplexo do alemãorio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG