Laudo aponta falha em brinquedo de parque no Rio

Mulher de 61 anos morreu após cair do brinquedo no dia 19 de junho

AE |

selo

O laudo sobre a investigação da morte da ajudante de cozinha Heydiara Ribeiro, de 61 anos, no Parque Terra Encantada, no Rio de Janeiro, aponta que houve falha no sistema de trava da montanha-russa. A vítima morreu após cair do brinquedo no dia 19 de junho. 

De acordo com o delegado Rafael Willis, titular da 16ª Delegacia de Policia, a polícia reforça o indiciamento por homicídio culposo do diretor operacional e do engenheiro responsável pelo parque temático. 

O laudo foi anexado ao inquérito na semana passada e enviado ao Ministério Público do Rio de Janeiro. No parque, em 2005, um homem de 28 anos caiu de uma montanha-russa e teve traumatismo craniano. Três anos depois, bombeiros interditaram o local por má conservação dos equipamentos.

    Leia tudo sobre: rio de janeiroparquebrinquedo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG