Justiça manda soltar mulher que sequestrou recém-nascida em hospital

Caso ocorreu no último dia 23, em São Gonçalo

iG Rio de Janeiro |

Marcelo Piu/Agência O Globo
Imagens flagraram a movimentação da suspeita entrando e saindo do hospital
A Justiça do Rio de Janeiro concedeu na última segunda-feira (8) liberdade provisória a Tanit Cardoso Peixoto que, no último dia 23, sequestrou uma recém-nascida dos braços da mãe em um hospital no município de São Gonçalo, na região metropolitana.

Tanit levou a menina da mãe sob alegação de que iria fazer exames do pezinho na criança. Câmeras do circuito interno de TV do hospital gravaram a movimentação da suspeita.

No mesmo dia do sequestro, Tanit se entregou e apresentou a criança na delegacia de Cordeiro, no interior fluminense. Na ocasião, disse que raptou a menina alegando uma suposta dificuldade que estaria encontrando para adotar uma.

    Leia tudo sobre: sequestrobebêhospitalRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG