Justiça determina que bens e corpos de vítimas fiquem em locais seguros

Decisão é para que familiares de mortos e desaparecidos em desabamento de prédios tenham mais facilidade para identificá-los

iG Rio de Janeiro |

Bruna Fantti
Desabamento de três prédios ocorreu na última quarta-feira
O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) determinou que todos os restos mortais, corpos e bens de vítimas do desabamento de três prédios ocorrido na última quarta-feira (25) no centro da cidade, sejam transferidos para um local adequado e guardados com segurança para que os familiares possam identificá-los. Dezessete pessoas já morreram e cinco estão desaparecidas.

Leia também : Sonho interrompido em sala de aula

Determinou ainda que os representantes das vítimas também possam ter acessos a estes lugares onde ficarão armanezados os bens e partes de corpos e que acompanhem, em tempo integral, o trabalho de triagem do entulho recolhido, onde quer que tal trabalho seja realizado.

Em relação aos bens, a medida vale também para as pessoas que não estavam no prédio na hora do desabamento mas que também perderam pertences.

A Justiça decidiu ainda que os bens sejam entregues aos representantes das vítimas ou aos seus proprietários após serem devidamente identificados, mediante recibo de entrega.

Leia também : Vítimas só podem pedir indenização após definição de responsáveis

A medida surge dois dias após a Guarda Municipal informar que quatro funcionários que trabalham para a concessionária Porto Maravilha seriam demitidos após serem flagrados por fotos de um jornal remexendo supostos bens das vítimas em um depósito na zona portuária do Rio.

Outro aspecto que forçou a decisão foi o fato de pedaços de corpos terem sido encontrados em um depósito na rodovia Washington Luiz, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, para onde estão sendo levados os entulhos. Ainda não se sabem se essas partes integram os corpos de vítimas já identificadas ou seriam de outras pessoas ainda desaparecidas.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG