Justiça concede habeas corpus para suspostos bicheiros

Aniz Abraão David, conhecido como Anísio, e Luiz Pacheco Drumond, foram beneficiados

iG Rio de Janeiro |

O presidente de honra da escola de samba Beija Flor de Nilópolis, Aniz Abraão David, conhecido como Anísio, recebeu na noite de ontem habeas corpus concedido pelo ministro da 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Sebastião Reis Júnior. Outro a ganhar o benefício foi o também suposto contraventor Luiz Pacheco Drumond, o Luizinho Drumond, presidente da escola de samba Imperatriz Leopoldinense, que estava foragido.

Leia também : Polícia faz operação contra o jogo do bicho

Anísio, considerado um dos chefes do jogo do bicho no Rio, foi preso em Copacabana, na zona sul da cidade, em janeiro deste ano, por contravenção e formação de quadrilha.

Devido ao diagnóstico de arritmia cardíaca apresentado na época, Anísio ficou inicialmente no Hospital Psiquiátrico Penal, em Bangu, na zona oeste. Depois, ele foi levado para uma penitenciária. Segundo o STJ, também foi concedido habeas corpus para o patrono da escola de samba Imperatriz Leopoldinense, Luiz Pacheco Drumond, que era considerado foragido.

*Com informações da Agência Estado

    Leia tudo sobre: bicheirojogo do bicho

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG