Adolescente teria consumido drogas durante a madrugada; ele pode ter sofrido um infarto após ter sido abordado por policiais

Um adolescente, de 16 anos, morreu possivelmente vítima de um infarto após ser abordado por policiais militares enquanto dormia dentro de um carro roubado, na zona norte do Rio, de acordo com agentes da 38ª DP (Irajá), onde o caso foi registrado.

Segundo os investigadores, uma denúncia foi feita à delegacia afirmando que dois homens dormiam dentro de um carro roubado, na avenida Vicente de Carvalho, na subida do morro do Terço, em Vaz Lobo. Policiais Militares do 41°BPM (Irajá) foram até o local, armados com fuzis, e bateram no vidro do carro, modelo Vectra.

Na delegacia, os PMs afirmaram que o jovem J.A, de 16 anos, se assustou ao ver as armas e desmaiou. Os policiais socorreram o adolescente, mas ele morreu a caminho da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Irajá. Na unidade, médicos disseram que a causa provavél da morte tenha sido um infarto do miocárdio. No entanto, somente um laudo do IML (Instituto Médico Legal) poderá atestar a causa da morte.

O outro homem que estava no carro, Givaldo Victor da Silva, de 20 anos, disse que os dois passaram a madrugada consumindo drogas. Ainda na delegacia, foi apurado que o veículo havia sido roubado na noite dessa sexta-feira (4), em Bangu, na zona oeste da cidade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.