Jovem morre durante cirurgia de lipoaspiração

Laís Porto, de 23 anos, estava insatisfeita com o corpo após parto; possibilidade de erro médico não foi descartada

iG Rio de Janeiro |

A Polícia Civil investiga a morte da recepcionista Laís Corrêa Porto, 23 anos que morreu após realizar uma cirurgia plástica na Clínica Sant'Anna, em Laranjeiras, zona sul da cidade, no último sábado.

A jovem foi enterrada na manhã desse domingo, no cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, zona oeste. Ela teve uma parada cardíaca após realizar uma lipoaspiração. Laís era casada e mãe de um bebê de 10 meses. De acordo com o marido, Alan Carvalho de Lima, Laís estava insatisfeita com o corpo após ter o bebê. "Ela queria fazer a cirurgia e confiou nos médicos, que afirmaram que ela poderia fazer baseados em uma série de exames", disse.

 Lima contou à polícia que Laís foi fazer uma lipoaspiração no abdômen com enxerto de gordura na região glútea. Mais de duas horas depois do início da cirurgia o marido notou uma grande movimentação no centro cirúrgico é só então foi informado do que estava ocorrendo.O caso será investigado por policiais da 9ª DP (Catete). A possibilidade de erro médico não foi descartada.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG