Inea avalia possíveis danos ambientais após incêndio na Reduc

Fogo atingiu Unidade de Produção de Gasolina e GLP (U-1250), mas foi rapidamente controlado pela brigada da Petrobras

iG Rio de Janeiro |

Técnicos do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) estão na Refinaria de Duque de Caxias (Reduc), na Baixada Fluminense, para avaliar possíveis danos ambientais após o incêndio que atingiu a unidade na manhã desta quinta-feira. A Brigada de Emergência da Petrobras conseguiu controlar o fogo, que começou por volta das 7h10, na Unidade de Produção de Gasolina e GLP (U-1250).

De acordo com a estatal, as chamas foram controladas às 7h35 e ninguém ficou ferido. A refinaria opera normalmente e o abastecimento ao mercado não será afetado. O incêndio pode ter sido provocado por causa de um vazamento de gás.

*Com informações da Agência Brasil

    Leia tudo sobre: ReducPetrobrasincêndio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG