Outro marinheiro ficou ferido e está internado. Pane elétrica teria originado o fogo

Um incêndio em um porta-aviões da Marinha deixou um marinheiro morto e outro ferido na madrugada desta quarta-feira (22), no Rio de Janeiro, na Ilha das Cobras, situada na Baía de Guanabara.

O ferido foi socorrido para o Hospital Naval Marcílio Dias, na zona norte da cidade, e está internado na Unidade de Tratamento Intenso da unidade. Segundo a assessoria da Marinha seu estado de saúde é estável.

Leia também : Incêndio atinge favela no centro de São Paulo

Ainda de acordo com a assessoria da corporação, quatro militares dormiam no alojamento quando houve um incêndio, provocado possivelmente por uma pane elétrica. Apenas dois militares conseguiram sair do local e conseguiram acionar o sistema de segurança. O fogo foi controlado, mas um dos marinheiros morreu no local. Os nomes e as idades dos militares envolvidos ainda não foram divulgados. 

A Ilha das Cobras é situada próxima à Ponte Rio-Niterói e serve como principal base do arsenal da Marinha no estado além de base do Comando Geral dos Fuzileiros Navais no Rio de Janeiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.