Alexandro Gonçalves de Mello e Vagner Fonseca Oliveira estão foragidos e com pedidos de prisão expedidos

A Delegacia de Atendimento ao Turista (Deat) divulgou na manhã desta segunda-feira (25) as fotos de dois dos quatro envolvidos no assalto ao Hotel Santa Teresa , no Rio de Janeiro, ocorrido há uma semana. Segundo a delegada Renata Teixeira de Assis, um dos suspeitos, Vagner Fonseca Oliveira, de 23 anos, trabalhou por seis meses fazendo manutenção e serviços gerais no empreendimento.

Alexandro Gonçalves de Mello trabalhou por seis meses no Hotel Santa Teresa
Divulgação
Alexandro Gonçalves de Mello trabalhou por seis meses no Hotel Santa Teresa
De acordo com ela, ele foi demitido um mês antes do assalto. Vagner também teve três passagens pela polícia por roubo de veículos quando era menor de idade. O segundo suspeito foi identificado como Alexandro Gonçalves de Mello, de 24 anos.

“Os dois rapazes moravam no morro de Santo Amaro, no Catete, e estão foragidos com pedidos de prisão expedidos. Os outros dois suspeitos ainda não foram identificados. Não descartamos a participação de um quinto membro do grupo”, disse a delegada referindo-se ao bandido que supostamente teria dado cobertura do lado de fora do hotel.

Segundo Renata, os suspeitos identificados fazem parte de uma quadrilha responsável por dois assaltos ocorridos recentemente no Rio a lojas de armamento. Um dos crimes ocorreu em junho deste ano, no centro da capital fluminense, e o outro no município de Saquarema, na Região dos Lagos do Estado do Rio. Na mesma cidade, o bando mantinha um depósito para guardar as armas roubadas.

No local, foram apreendidos três revólveres, uma pistola, uma espingarda, uma carabina, uma balestra para atirar flechas, algemas, duas granadas, dois celulares e uma quantidade não contabilizada de munição. Para chegar aos suspeitos, a polícia ouviu os 15 hóspedes assaltados e sete funcionários. O valor do roubo ainda não foi divulgado.

Armas e o material apreendido na casa de um dos suspeitos do assalto ao hotel em Santa Teresa
AE
Armas e o material apreendido na casa de um dos suspeitos do assalto ao hotel em Santa Teresa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.