Hospital confirma morte de cadete da Academia Militar das Agulhas Negras

Internado desde o dia 24 ao se sentir mal após treinamento, jovem de 23 anos já tinha morte cerebral

iG Rio de Janeiro |

Em nota divulgada na tarde desta quinta-feira (6), o Hospital Samer, em Resende, no Sul Fluminense, confirmou a morte do cadete da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman) Renan Mendonça Borges Gama, de 23 anos, que estava internado na unidade desde o último dia 24. O jovem foi hospitalizado ao se sentir mal após um treinamento na Aman.

Ontem, a Aman informou que o cadete já apresentava quadro de morte cerebral. Segundo o Samer, quando Renan foi internado, ele teve diagnosticada rabdomiólise (quebra rápida de músculo esquelético devido a lesão no tecido muscular) e insuficiência renal aguda.

De acordo com o hospital, durante a internação, o quadro evoluiu para o coma profundo e morte cerebral. O Comando da Aman abriu um procedimento administrativo para apurar o fato. A instituição informou ainda que está prestando assistência religiosa, psicológica e médica aos familiares do cadete.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG