Homens fazem arrastão e trocam tiros com PMs na Avenida Brasil

Tiroteio ocorreu na altura do bairro de Bonsucesso; um dos criminosos morreu e outros dois foram baleados

Anderson Ramos e Bruna Fantti, iG Rio de Janeiro |

Anderson Ramos
Carro roubado em arrastão foi atingido por mais de 20 disparos em troca de tiros entre PMs e supostos criminosos
Cinco homens armados com fuzis e pistolas trocaram tiros com policiais militares em plena Avenida Brasil, uma das principais vias de ligação da cidade entre a zona oeste e o Centro, no Rio de Janeiro, por volta de sete horas da manhã desta sexta-feira (3).

De acordo com agentes do BPRV (Batalhão de Polícia Rodoviária), o grupo havia promovido um arrastão na estrada Rio do Pau, no bairro da Pavuna, na zona norte da cidade, e roubado um veículo.

Esse carro, modelo Renault preto, tinha um rastreador e foi através dele que a PM o interceptou na altura do bairro de Bonsucesso.

Houve intensa troca de tiros e o carro foi perfurado por mais de 20 disparos. Dois criminosos fugiram a pé, segurando fuzis, em direção ao Complexo da Maré, localizado em um dos lados da via. Outros três foram baleados - um morreu no local e dois foram socorridos para o hospital Geral de Bonsucesso. 

De acordo com um dos policiais que participou da ação, os PMs optaram por não continuar a perseguição devido ao risco para quem passava pelo local, já que o horário era de grande movimento. "Pensei na quantidade de carros e na população que ali estava. Por isso não atirei em direção a eles", disse.

Uma pistola e um carregador para fuzil foram apreendidos. Segundo investigadores da 21°DP(Bonsucesso), onde o caso foi registrado, um dos baleados é gerente do tráfico da favela Jorge Turco, no bairro de Rocha Miranda, também na zona norte. A favela possui a mesma facção criminosa que estava no Complexo do Alemão. 

    Leia tudo sobre: tiroteioavenida brasil

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG