Homem que ameaçou explodir avião no Rio é polonês

Estrangeiro será enquadrado no artigo 261. Apesar da ameaça, não havia explosivos a bordo, segundo a Polícia Federal

AE |

selo

O passageiro que causou tumulto ontem à noite, ao ameaçar detonar uma bomba numa aeronave que iria decolar do aeroporto Tom Jobim, no Rio de Janeiro, é de nacionalidade polonesa. Segundo informou a Polícia Federal, o estrangeiro será enquadrado no artigo 261, por atentado contra a segurança de transporte aéreo, com pena que pode variar de 2 a 5 anos. Apesar da ameaça, não havia explosivos a bordo.

O voo 8102, da TAM, estava previsto para sair do Rio com destino a Frankfurt, na Alemanha, às 21 horas de ontem, mas só decolou por volta das 5h30 de hoje . Policiais federais detiveram o polonês, realizaram uma varredura nas bagagens e no interior do avião e interrogaram a tripulação. Como nada foi encontrado, o voo foi liberado. Os passageiros foram obrigados a esperar no saguão do aeroporto enquanto ocorria a investigação.

Segundo informações da Polícia Federal, as testemunhas afirmaram que o polonês já estava no voo quando comunicou aos comissários de bordo que havia uma bomba no interior do avião. Segundo a Polícia Federal, a bagagem de mão do polonês foi destruída, já que o conteúdo da mala divergia da descrição feita por ele antes do embarque.

    Leia tudo sobre: aviãobombaameaça

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG