Suspeito orientava vítimas a irem à igrejas com envelopes com dinheiro. Nas missas, ele trocava os mesmos por vazios e sumia

Um homem de 54 anos foi preso na tarde desta segunda-feira (25), em Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro, suspeito de aplicar golpes em idosas. De acordo com a Polícia Civil, Luiz Afonso Leal se passava por um empresário espanhol.

O estelionatário inventou que tinha uma simpatia capaz de multiplicar o dinheiro. Primeiro ele seduzia as vítimas e conquistava a amizade delas. Após essa etapa do plano, o suspeito orientava as idosas a irem até a uma igreja com um envelope com dinheiro

Durante a missa, o estelionatário trocava o envelope com as cédulas por um outro vazio, desaparecendo depois de se despedir da vítima. O titular da 13ª DP (Ipanema), Carlos Abreu, acredita que o suspeito tenha aplicado o golpe em várias senhoras, que eram abordadas em Copacabana.

Luiz Afonso Leal foi preso enquanto caminhava pela Avenida Atlântica, após ser reconhecido por uma vítima. Ele vai responder pelo crime de estelionato.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.