Proprietária de uma academia, vítima reagiu ao ser abordada por dupla de motoqueiros

Um homem foi morto com dois tiros na cabeça e um no peito ao ser vítima do crime como "saidinha de banco" na tarde desta segunda-feira (23) na cidade de Rio Bonito, na região metropolitana do Rio de Janeiro.

Segundo a PM, a vítima, que era proprietária de uma academia, tinha acabado de sair de uma agência bancária no centro do município quando uma dupla em uma motocicleta anunciou o assalto. Ele reagiu e acabou sendo morto.

O fato ocorreu na semana em que a PM iria discutir com os gerentes das agências bancárias da cidade uma estratégia de policiamento para coibir este tipo de crime.

No município vizinho de Itaboraí, os PMs se reuniram com os gerentes e passaram a vistoriar as agências. Durante as visitas, eles passaram a abordar pessoas que ficavam a toa dentro dos bancos que, segundo os PMs, podiam passar informações para comparsas sobre clientes que sairiam com grandes quantias.

A PM proibiu no município a presença de camelôs e estacionamentos em frente das agências.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.