Helicóptero desaparecido é achado com três corpos no litoral do Rio

Uma quarta pessoa continua desaparecida. Aeronave e vítimas foram localizados a 99 metros de profundidade

iG Rio de Janeiro |

A Petrobras informou que localizou na tarde deste sábado três corpos, ainda não identificados, e o helicóptero a serviço da empresa que havia desaparecido no início da noite de sexta na Bacia de Campos, no norte fluminense. De acordo com a Petrobras, o procedimento para resgate dos corpos já foi iniciado.

Segundo comunicado da companhia, os corpos e a aeronave foram localizados no fundo do mar, a 99 metros de profundidade e a 100 km da costa. Além disso, a empresa afirmou que prosseguem as buscas, coordenadas pela Força Aérea (FAB) e pela Marinha brasileiras, para a localização de um quarto desaparecido. As empresas Senior Táxi Aéreo, Engevix e Brasitest estão prestando toda a assistência às famílias, com suporte da Petrobras.

AE
Helicóptero da Marinha que participou das buscas é visto no Aeroporto de Macaé, no Rio

Previamente, a Petrobras havia divulgado que a aeronave transportava Ricardo Leal de Oliveira, auxiliar técnico de planejamento da empresa Engevix; João Carlos Pereira da Silva, técnico de inspeção da empresa Brasitest; o piloto Rommel Oliveira Garcia; e o copiloto Lauro Pinto Haytzann.

Segundo a FAB, às 17h15 de sexta-feira um helicóptero (prefixo PR-SEK), que decolou da plataforma P-65 da Petrobras com direção a Macaé, declarou emergência à torre de controle local e fez um pouso forçado no oceano Atlântico, a aproximadamente 100 km do litoral fluminense.  Duas aeronaves da FAB, um P-95 Bandeirante Patrulha e um helicóptero H-34 Super Puma, foram mobilizadas para dar início às buscas. A operação, coordenada pela FAB, conta com apoio de um navio patrulha Guajará e um helicóptero Lynx da Marinha do Brasil.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG