Helicóptero da TV Globo é atingido por tiros durante operação policial

Sede da Prefeitura do Rio também foi alvejada durante tiroteio no Morro da Mineira

Anderson Ramos e Daniel Gonçalves, iG Rio de Janeiro |

Um helicóptero da TV Globo foi atingido por três tiros na manhã desta segunda-feira (24) enquanto sobrevoava o Morro da Mineira, no bairro do Catumbi, na zona norte do Rio de Janeiro. A aeronave foi alvejada durante a cobertura jornalística de uma operação policial na região.

Agência O Globo
Policiais civis destroem barricadas do tráfico durante operação no Morro da Mineira
Segundo a emissora, três pessoas estavam no interior do helicóptero, entre elas uma repórter, mas ninguém ficou ferido. Um dos tiros atingiu o assoalho, o segundo, a região central e o terceiro, a cauda da aeronave.

O terceiro projétil afetou a estabilidade do helicóptero, mas o piloto conseguiu levar a aeronave até o Aeroporto de Jacarepaguá, na zona oeste da capital fluminense, onde fez um pouso forçado.

Prefeitura

A operação policial no Morro da Mineira também deixou marcas na sede da Prefeitura do Rio, na Cidade Nova. O prédio, localizado próximo à região do confronto, foi atingidido por tiros e algumas vidraças quebraram. O edifício anexo também foi alvejado.

O técnico de informática Cláudio Ribeiro, de 47 anos, funcionário da Secretaria Municipal de Urbanismo, disse que os colegas de trabalho entraram em pânico no momento em que os tiros acertaram as janelas. Ele atua na divisão de gerência técnica de informática e precisou se abrigar no corredor.

“Nunca passei por algo parecido. O primeiro tiro que bateu na janela foi ao lado de uma colega. A sala está com vidros por todos os lados”, afirmou Cláudio, ao iG . A prefeitura decidiu dispensar cerca de 15 funcionários que trabalham na divisão, localizada no décimo andar. O governo municipal informou que três andares foram atingidos, mas nenhum funcionário ficou ferido.

Operação

Cerca de 150 policiais civis de sete delegacias especializadas realizaram na manhã desta segunda-feira (24) uma operação nos morros de São Carlos, Zinco e Querosene, no bairro do Estácio, e no morro da Mineira, no Catumbi, zona norte do Rio. Responsável por comandar a incursão, o delegado Ronaldo Oliveira, diretor do Departamento Geral de Polícia Especializada, disse que a ação teve como objetivo identificar e prender traficantes, além de colher informações para a Delegacia de Combate às Drogas (Dcod). 

Durante o confronto, quatro suspeitos de atuarem no tráfico de drogas ficaram feridos e foram levados para o Hospital Municipal Souza Aguiar. Um bandido foi preso em flagrante e com ele apreendida uma escopeta. Os agentes também apreenderam material para endolação de drogas, anotações da contabilidade do tráfico, cerca de 300 quilos de maconha, uma granada e um fuzil.

De acordo com Oliveira, os criminosos do Morro da Mineira são da mesma facção do Morro dos Macacos, no Engenho Novo, que no final do ano passado ganhou uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). Em 2009, um helicóptero da Polícia Militar foi derrubado por traficantes dos Macacos. "Eles são da mesma facção. Em um ato de desespero, por conta da perda dos pontos de venda de drogas, eles agem para desviar a atenção da polícia, atirando em prédio públicos e aeronaves".

Agência Estado
Gari retira estilhaços de vidro em frente à Prefeitura

    Leia tudo sobre: tráficoviolênciaoperação policialrio de janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG