Guerra entre traficantes deixa 2,7 mil sem aula na zona norte do Rio

Três escolas e três creches não funcionaram no entorno da favela Parada de Lucas onde criminosos rivais se enfrentaram

iG Rio de Janeiro |

Marcos Tristão/Agência O Globo
Escola fechada no interior da favela Parada de Lucas
Cerca de 2,7 mil estudantes ficaram sem aula na tarde desta quarta-feira (7) em razão de uma guerra entre traficantes ocorrida na favela Parada de Lucas, na zona norte do Rio de Janeiro, durante a madrugada.

Leia também : PM ocupa favela após guerra entre facções criminosas

Segundo a Secretaria Municipal de Educação, três escolas e três creches não funcionaram na região, somando 2.706 alunos. Várias lojas também não abriram na comunidade.

O Serviço Reservado do 16º BPM (Olaria) informou que traficantes promoveram um "golpe de estado" em Parada de Lucas trocando a facção criminosa Terceiro Comando Puro (TCP) pelo Comando Vermelho (CV). Houve intensa troca de tiros e a corporação recebeu denúncias de que várias pessoas teriam morrido. Dois corpos já foram encontrados.

A favela teve o patrulhamento reforçado durante a manhã e permanece ocupada.

Marcos Tristão/Agência O Globo
Ruas desertas e comércio fechado em Parada de Lucas, na zona norte do Rio

    Leia tudo sobre: guerra do tráficoescolas fechadas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG